Sindicato Nacional das Optometristas

Optometria / Importância e Justificativa

A inexistência do OPTOMETRIA no Brasil acarretou uma lamentável elitização do serviço de saúde visual em nosso país, além de uma dívida social impagável (não é difícil imaginar) com aqueles que nasceram, cresceram e morreram sem nunca terem tido a oportunidade de avaliar a sua condição visual. Sem um profissional para atendimento primário na área da saúde visual, a população brasileira fica carente de assistência à visão. O acesso aos exames de saúde visual fica praticamente à disposição de classes sociais elevadas, que podem pagar altos valores de consultas ou possuem planos de saúde particulares, restando para a grande maioria da população esperar longamente por atendimento pelo SUS, e além disto receber um atendimento pouco especializado e desqualificado pela alta demanda associada à escassez de profissionais nesta área.

 

O Optometrista, sendo um profissional com formação superior, é preparado e habilitado justamente para a realização de atendimento visual primário (prevenção) e correção visual, vindo para solucionar grande parte da deficiência do atendimento visual no Brasil. Atualmente, 56% da população brasileira tem necessidade de avaliação visual para melhorar sua qualidade de vida. No entanto, apenas 11% da população consegue ter acesso ao atendimento visual e ter compensadas suas dificuldades visuais, o que implica um percentual de cerca de 45% de brasileiros que não têm condições visuais adequadas por falta de um atendimento visual. É fácil concluir que são os menos favorecidos que se encontram nessa situação.

 

Segundo dados do IBGE, existem hoje no Brasil cerca de 24,5 milhões de pessoas ou 14.5% da população total com algum tipo de incapacidade ou deficiência. E é importante destacar que estudos da ONU demonstram que cerca de 10% da população mundial possui algum tipo de deficiência, o que mostra que os índices brasileiros são superiores se avaliados em comparação com os da população mundial. Segundo dados da OMS - Organização Mundial de Saúde 80% das cegueiras são evitáveis e 90% dos casos ocorrem em países em desenvolvimento e subdesenvolvidos. O Brasil possui um dos piores índices de prevenção para acuidades visuais do mundo, sendo que 99 milhões de brasileiros nunca passaram por nenhum exame de acuidade visual. Ainda, segundo dados do MEC, 81% das crianças repetentes no país o fazem por falta de acuidade visual. A quase totalidade das crianças em idade escolar nunca passou por exame ocular. Estima-se que 8% dessas crianças necessitem de óculos e 5% apresentem outro problema ocular não detectado que pode gerar problemas mais sérios.

 

Com certeza, a inserção do Optometrista na saúde pública brasileira vai trazer grandes avanços e modificações positivas nestes números e mudar este atual quadro resgatando a qualidade visual do povo brasileiro. Ainda é importante de lembrar que atualmente o tempo médio para conseguir uma consulta pelo SUS para atendimento visual é de 6 a 10 meses, além disto, a maioria dos municípios brasileiros não possui acesso a profissionais da visão.

 

A OPTOMETRIA proporcionará ao país enormes avanços, entre eles:

  • Pesquisa na área da saúde visual;
  • Desenvolvimento de técnicas especiais de atendimento visual;
  • Desenvolvimento de aparelho e instrumentos destinados a auxiliar e/ou melhorar a visão;
  • Prestação de atendimento primário a visão, centrado na prevenção da cegueira e doenças oculares e sistêmicas;
  • Prestação de serviço especializado de correção visual e compensação óptica;
  • Promoção de campanhas Optométricas em comunidades carentes;
  • Educação e esclarecimentos às comunidades sobre a importância do exame visual;
  • Aumento do acesso ao serviço de saúde visual a um custo mais acessível para a população;
  • Oferta à população de um profissional especializado no sentido da visão;
  • Formação de especialistas em áreas especiais de cuidados com a visão;
  • Elaboração de planos e campanhas de prevenção na área da saúde visual;
  • Melhor distribuição do serviço de saúde visual no país;